Total de visualizações de página

16 de mai de 2009

...PENSANDO A INCLUSÃO


No texto sugerido para estudos em “Organização básica do sistema nervoso”, há uma informação importante: Que a todo o momento somos bombardeados por informações vindas de muitos aspectos, no entanto apenas registramos em nossa memória àquelas que consideramos importantes. Daí nossa preocupação como professores em fazer de nossas aulas atrativas e com sentido e importância para nossos alunos. Acredito ser importante comentar o conceito de Plasticidade Neural para entendermos um pouquinho mais o desenvolvimento da criança e como se dá a sua aprendizagem: “É a habilidade de tomar a forma ou alterar a forma e funcionamento a partir da demanda ou exigência do meio”. Em outras palavras "a plasticidade neural é a propriedade do sistema nervoso que permite o desenvolvimento de alterações estruturais em resposta à experiência, e como adaptação a condições mutantes e a estímulos repetidos". Eu nem sabia que isso existia. Amo psicologia por que explica muitas coisas as quais não compreendemos e mudamos nossas atitudes e pontos de vistas quando de posse das informações. Podemos dizer em outras palavras também que a plasticidade cerebral é a capacidade do sistema nervoso central de adaptar-se com habilidades de modificar sua reorganização estrutural.
Com isso podemos dizer que quando nos deparamos com crianças que aparentemente não possuem condições de aprender ou apresentam dificuldades na aprendizagem, se estimuladas da forma correta e consciente por parte dos professores, podemos desencadear uma série de reações estimulantes capazes de refazer e reorganizar estruturas acomodadas. Confesso que sem o conhecimento vejo as crianças com necessidades educativas especiais como um enigma, um mistério. Não sabendo o que fazer nem de que forma ensinar nós vamos tocando os desafios pra frente até que possamos nos livrar deles ou aprendamos, nos capacitando para tal desafio.